pela manhã

O legal de você frequentar escolinha e que cada semana você aparece com uma musiquinha predileta nova, a dessa semana é corre cotia, você troca todas as palavras, mas é legal ver sua capacidade de memorização. A  sua versão:

“Corre cotia na casa da tia

Corre cipó na casa da tia

lencinho branco caiu no chão

mamãe bonita do meu coração”

Na original é cipó na casa da vó, e moça bonita, mas eu prefiro mamãe.

Outra coisa bonitinha e engraçada de hoje, foi que fiz seu bolinho predileto, um de maçã com aveia, é seu lanchinho da escola predileto, e te perguntei quantos bolinhos você queria levar na escola:

Y: ahhhh eu quero 1, 2, 3 e 4.

A: 4, não, 4 é muito.

Y: é muito?? então quero 10, 9, 8 e 11.

Pois é.

Dia de lobo

Sua imaginação esta muito aguçada, diariamente acompanhamos varias de suas historias e é muito legal.
Você sempre gostou muito de livros, se começávamos a ler e não estipulássemos quantos livros leriamos, você fazia a gente ler todos. Hoje você já esta inovando, como nem sempre temos muito tempo pra ficar lendo livros você já esta tomando a iniciativa, pega o livros e lê as figuras, vai criando o contexto e tudo mais, já os livros mais antigos você lembra bem das historias e as conta certinho.

Hoje especialmente esta acontecendo algo muito legal, eu estava arrumando o quarto e você estava na sala, quando a vó Maria chegou e foi “quentar” sol, você foi junto, com a sua própria coberta para colocar nas pernas. Você esta com uma flauta, assoprando e me deixando louca, quando a vó te perguntou o que você estava fazendo, a resposta foi simples.

Yuri: to chamando passarinho. Toca vó, chama você também o passarinho.
Vó: tututututututu
Yuri: mais um pouco
Vó: tututututu
Yuri: deixa eu agora, tututututu

E nessa não é que passa um passarinho, você ficou todo grande, orgulhoso.
E logo depois você mudou de história, a flauta era para chamar lobo, que mora lá nas arvores.

Yuri: vó chama o lobo?
Vó: chamar o lobo? tutututututu, olha ele ta vindo.
Você olhou bem devagar pela porta, com medo de que ele realmente estivesse vindo, deu uma boa procurada e quando não o viu, voltou a tocar.

Yuri: oooooooo lobisomem vem aqui, eu vou pegar você. Vó sabia que já vi um lobisomem?
Vó: o “cê” já viu?
Yuri: já, ele tem corpo de lobo (referencia ao livro: o Lobinho bom) e ele tem rabo.
Vó: rabo??? e grande?
Yuri: é, grande e puludo.
Vó: ai credo, ele tem rabão então e peludo.
Yuri: é, e eu e o meu vô caçamos o lobo.
Vó: o “cêis” caçaram o lobisomem?
Yuri: éeee, nós fomos atrás dele, e eu bati na bunda do lobo e meu vô queimou ele com a chave de fenda (acho que aqui você misturou o lobo caindo no fogo dos 3 porquinhos com o machado do caçador da chapeuzinho vermelho, mas trocou por chave de fenda, porque é algo mais comum pra você, minha interpretação).

E pra terminar.

Yuri: vó eu tenho asa, sabia?
Vó: asa? o cê tem asa?
Yuri: éee, asa de anjo. A minha vó me deu asa de anjo e a minha mãe vai fazer uma roupa pra mim (oi??? desde quando eu costuro?) e eu vou sair de anjo na festa do Divino (para a procissão da Festa de São João).

Isso ta muito divertido, e nos dias que a vó te da trela então, são especialmente fofos.

Para lá e de volta outra vez

SP/ Joa/ mudança/ escola nova/ vó

Nada com a gente é muito programado, nos seus 2a9m você já deve ter percebido isso. Até tentamos fazer um planejamento mas é de um dia pra outro que as coisas acontecem mesmo.
Estavamos no parque Trianon, nosso predileto da cidade, você brincando no parquinho com a vovó Shirley,  esperavamos a vovó Sil chegar, e seu pai e eu concersando planejando a semana, assim decidimos vir pra Joa com as avós naquela tarde e na segunda, que fcariamos de vez e que você iria pra escolinha.
Arrumamos uma roupinha parecida com o uniforme, arrumamos a sua mochilinha que você quis levar o caminho toooodo( 3 quarteirões).

image

Você já conhecia a escola, ficou la varias vezes no último ano, assim foi entrando, se instalando e nem olhou pra gente – para os leitores do blog: não, eu não chorei, ao contrario, morri de orgulho da independencia do meu filhote – e nós fomos conversar com a tia Laura acertar tudo.
Vimos a apostila que você vai usar, e confesso que era uma preocupação minha, não quero que você já comece a ser alfabetizado, é muito cedo, mas para minha grata surpresa a apostila esta recheada de atividades artisticas,  foi com gosto que compramos sua lista de materiais. Quando estamos saindo da escola, você e os seus coleguinhas estavam tomando lanche, você olhou pra gente, sorriu, fez tchau, e falou alto: aquela é minha mãe e meu pai.

image

Nas ultimas semanas em SP nos divertimos bastante, fomos no aniversário da Nicole, conhecemos a irmãzinha dela, a Iris, la brincamos com a Vitória, Luigi e Nalu também,  que no dia seguinte, antes de voltar pra casa dela foi na nossa casa bricar com você.

image

No fim de semana anterior passamos 4 dias na casa da Vitória, e você se comportou tão bem. Vocês brincaram de piscina, de meleca (massinha caseira de farinha, agua, purpurina), depois tomaram banho de mangueira, brincaram de mapa, de baleias, leram livros,  brincaram com o meninho e seu esqueleto, orgãos, espressões faciais e roupas, fizeram pizza, e no fim  você ja estava chamando a vó da Vi de vó, e já tinha até batido papo com a outra avó dela por telefone.

Enfim, estamos em joa, agora você poderá ter tudo de bom que tivemos crescendo aqui: as avós, primos, tios, padrinhos, biza e liberdade. Esse ultimo item você ja esta aproveitando muito bem, como ficamos com a vóvozinha Maria, e aqui tem espaço você some, inventando seu proprio mundo.

image

Você me ajudando a fazer bolo na casa da vovózinha. Como vocês são engraçados juntos.

Bem filhote, espero que você curta essa mudança, que aproveite muito para explorar o mundo todo a sua volta.
Te amamos.

Férias, natal e mudança

Aqui a gente não tem exatamente férias, temos alguns períodos de descanso.

Depois de um fim de semana de muitooo trabalho, sendo o último em Joanópolis no domingo, ficamos por lá na segunda para descansar, na hora de ir embora, de pegar o ônibus para SP, você resolve que queria ficar lá. Após uma conversa com ele, com as avós e com uma escolinha, você ficou alguns dias sem a gente.

Sua rotina longe era assim: dormia com a vovó Shirley, que te levava de manhã para a sementinha (escolinha que você amaaaa), onde você entrava sorrindo e sem nenhum choro, passava o dia lá e as 17h a vovó Silvana te pegava e levava brincar com os primos até umas 19h30 / 20h, voltava para a casa da vovó Shirley e dormia. Viemos embora na segunda no fim da tarde e voltamos sexta na hora do almoço.

A semana que se iniciaria já era véspera de Natal, para ficar mais um pouco levamos o Linux para Joanópolis também, e ele adorou, ficou tão calminho, assim ficamos até dia 6/01.

Não me lembro se já falei disso mas eu e o seu pai não somos muito fans do Papai Noel e do que ele representa em termos capitalistas rsrs. De nós você não ganhou nenhum presente específico, um tempo antes do natal teve uma feira de livros na USP e la compramos vários para você, alguns distribuímos para as avós te darem e outros foram simplesmente adicionados a sua rotina.

O Drama do Papai Noel – Já recebemos muitas criticas por causa da nossa postura em relação a esse tema, antes mesmo de você existir. Eu adoro a época do natal, adoro as luzes e cores, mas não curto o consumismo e nem como utilizam o Papai Noel em busca de bom comportamento das crianças. Sou da opinião que não é necessário negar o Papai Noel mas se quer inseri-lo no imaginário do MEU filho que seja dizendo que : a mamãe, o papai, as vovós, tios, etc, compraram os presente e ele irá apenas trazer.

Eu e seu pai não crescemos acreditando que podemos ganhar coisas magicamente, crescemos sabendo que nossos pais trabalharam muito para nos dar aquelas coisas e que elas custam  e que nem sempre ganhamos exatamente o que queremos, e será assim que te criaremos.

Já vimos também usarem o Papai Noel (o coelhinho da pascoa entra nessa também) para tentar fazer as crianças se comportarem: “o papai noel só vai vir trazer presentes se você for bonzinho, não pode ficar brigando assim, se não eu vou falar pra ele não vir” – a pergunta que eu faço é: se a criança continuar se comportando mal, vai mesmo deixar de dar o presente? por que eu deixaria de dar se tivesse elaborado uma frase dessas.

No fim das contas você ganhou vários livros, alguns carrinhos, roupa e uma casinha para pintar, adorou montar e desmontar a árvore e de bagunçar (e inserir alguns personagens como o Mike Wazowski, Buzz, carrinhos) no presépio da vovó Shirley, brincou com o primos, com a Manu, andou de skate, cantou parabéns para a Alice, fomos no sitio da vovó do Arthur (até no trator você subiu) e brincou muito com a vovózinha Maria.

2013-12-06 10.38.49     2013-12-06 15.29.09    2013-12-21 18.35.59        2013-12-23 13.18.46

Mudança – Faz um tempo que conversamos (papai e eu) sobre mudar para Joanópolis. Já estamos a algum tempo em São Paulo, aprendemos muito, descobrimos quem somos e o que queremos (o que provavelmente não aconteceria se tivéssemos continuado em nossa zona de conforto em Joa, espero que algum dia você também deseje mudar), crescemos muito como pessoas e hoje queremos uma vida mais tranquila para nós e para você.

Com a gente tudo rápido, se for para fazer que seja agora, ou o mais rápido possível, assim logo depois do natal começamos a arrumar a nossa casinha, falta bastante coisa ainda, mas lá será mais o nosso porto seguro, por que na prática essa mudança terá duas finalidades: a primeira de morarmos com mais liberdade, em um lugar tranquilo, onde você tenha espaço para brincar livremente e a segunda para eu poder ficar com a vovózinha Maria, ela já esta com 88 anos, mora sozinha, faz a própria comida, cuida muito bem de si mesma, mas a idade já esta avançada e eu prometi para mim mesma que um dia cuidaria dela como ela cuidou de mim.

Voltamos para São Paulo para ir arrumando as coisas, na medida do possível vamos levando pra Joa, não será uma mudança definitiva por que seu pai ainda tem mais um ano de faculdade e o estágio, então ele ficará em SP 3 dias por semana. Mas nós a partir do mês que vem (fev) já estaremos lá de vez.

Enquanto estamos por aqui, aproveitamos o máximo possível a cidade (calma nessa época), estamos indo praticamente todo dia nadar no Sesc e andar de patins (por causa das atividades do SESC Verão), fomos ao Mube – Museu Brasileiro da Escultura – ver a bonequinha que eu produzi para a exposição  Mail Art Cupcake em companhia do papai, da tia Nanda, tio Nando e da Vitória, onde vocês ficaram brincando, correndo muito.

2014-01-12 15.53.35  2014-01-12 16.00.02  2014-01-12 16.34.38

P1050754     P1050787

Ah, para fechar, você esta tomando gosto pela fotografia, cada vez mais pede para fotografar com os nossos celulares, ou com as câmeras e até que esta saindo algumas coisas legais, olha ai:

2014-01-01 11.45.28   2013-12-31 19.45.04   2013-12-21 13.47.35  P1050772  P1050761            P1050729   P1050701

Desfralde

Ai ai confesso que estava com preguiça desse momento, preguiça e medo.

Não sou lá muito sentimental, mas a fralda era o último pedacinho do bebê que restava, sem ela você subiu para a categoria de “menino” ou de “Yuri”, como responde quando pergunto quem é meu bebê?

Já tinha tentado a um tempo a trás tirar a fralda, mas acabamos jogando mais pra frente, láaaa para o verão, que parecia tão distante, mas ele chegou e cade a coragem? Escutei váriossss conselhos, uns que diziam que já deveria ter tirado, outros que deveria esperar até os 3 anos. Do seu grupo de amiguinhos você é o maior, porém uma já estava desfraldada, outra acabou de ser e os outros também estão no processo, juntando isso com a sua alergia a fralda, que no calor piora, fica cheio de bolinhas vermelhas, era hora de começar.

Mas como tirar a fralda de uma criança que pede pra por fralda? perguntar se você queria ficar sem, se queria fazer xixi e cocô no peniquinho não estava surtindo nenhum efeito. O jeito era partir para outra estratégia. Após ficar uns 17 dias em Joanópolis, voltamos para São Paulo na companhia da Vovó Silvana e do primo Cesar.

Eu pedi ao Cesar que te mostrasse como fazer xixi e cocô na privada, assim toda vez que ele tinha vontade nos avisava e você ia ver, foi assim o dia todo. No dia seguinte a vovó e o Cesar foram visitar o Tio Pedro e a Tia Fernanda, e aproveitando que tudo estava fresco na sua cabeça, comecei a te deixar sem fralda. Não assim um dia muito agradável pra mim rsrsrs, um micro xixi no pinico e tudo mais na cueca, a noite colocamos fralda para dormir. No dia seguinte você passou o dia todo sem fralda de novo e idem do dia anterior, você já estava começando a pedir para por fralda de novo até que nosso amado vizinho de quarto chegou, Victor Daniel, e fez uma festa com você te elogiando por estar de cueca, até colocar juntos cueca vocês foram e a partir dai você não pediu mais fralda.

Ainda tivemos alguns acidentes no dia seguinte, você não percebia a vontade de fazer xixi, menos ainda o cocô, mas tivemos alguns acertos também. No sábado fomos na casa da Nicole, sua amiguinha e você se comportou super bem, adorou o peniquinho dela, não tivemos nenhum acidente esse dia e foi o primeiro dia que você dormiu sem fralda.

Ontem passamos o dia no Sesc, e você adorou, por que lá tinha privada de criança, baixinha e pequena, foi tudo muito bem, o único acidente foi quando você viu seu pai andando de patins e se empolgou pulando e gritando e acabou escapando um cocôzinho, dormiu de novo sem fralda e sem acidentes noturnos.

Hoje foi igual, porém você quer que o penico fique na sala rsrsrs, com alguns acidentes, alguns acertos e assim vamos, fato é que não tem mais volta.

Bye bye fralda

Diálogos com o Yuri – 1

Y: papai, papai, a mamãe abriu a torneira pro Nicux (linux).

C: ah é Yuri, por que?

Y: a mamãe abriu a torneira pro nicux bebe.

mas o nicux não é bebê, eu sou bebê.

C: o Yuri e o Linux são bebês?

Y: nãoooooo papai, a mamãe abriu a torneira pro nicux bebe água.

Coleção Itaú criança

E ai já pediu a sua?

Eu já estava me perguntando se esse ano não teria, assim que foi divulgado fizemos o pedido. São, normalmente, 3 livrinhos entregues na sua casa sem custo algum, é só se cadastrar nesse link (clicar na foto):

foto_topo

Acompanho a coleção desde a primeira edição, nem tinha o Yuri ainda e já pedia para os meus sobrinhos.

Entradas Mais Antigas Anteriores Próxima Entradas mais recentes